22 jun 2020

PROGRAMA SINTÉTICO PARA A FORMAÇÃO DO SER HUMANO INTEGRAL

Há uma vontade cósmica infinita querendo se exprimir por meio de nossa existência finita, e somente os que aceitam cumprir o roteiro evolutivo do SER, apresentado a seguir na forma de etapas sintéticas de um programa de educação, podem se realizar em plenitude.

RUMO À DIFERENCIAÇÃO  

Devemos cuidar para não reprimir nas crianças seu inconsciente biológico & psíquico, mas sim trabalhar para que as energias profundas desse inconsciente sejam liberadas e assimiladas na consciência, até que se organizem e se estabilizem em uma persona dirigida à curiosidade, à compreensão de seus potenciais únicos (inteligências, forças de caráter, personalidade), e à  metacognição, ou seja, à percepção de sua própria dinâmica psíquica, o que inclui atividades de expressão artística e a contemplação espiritual.

Evitando os extremos, a educação não deve ser permissiva tampouco repressiva. Para tanto, os pais e os educadores precisam facilitar o processo de transmutação energética estimulando a criatividade, a autoestima, a autoconfiança, a perseverança e a integridade (coerência interna entre valores e ações).

RUMO À INTEGRAÇÃO

O desenvolvimento socioemocional faz parte do mesmo processo, mas sua consolidação exige normalmente um tempo maior, em vista da complexidade dos afetos e da imensa potencialidade das relações, que deverão ser elaboradas ao longo de toda a vida. Esse projeto deve promover a identidade cultural e social das pessoas, ou seja, as experiências de confiança, de colaboração e amorosidade, com ampla disposição para doar-se e receber. Para alcançar esse estágio, que inclui o desenvolvimento da sexualidade, é essencial que a criança/adolescente aprenda, o mais cedo possível, o modo empático e não-violento de comunicação, a fenomenologia das diferenças e o respeito à diversidade, e, como consequência, as competências de negociação para manter-se equidistante de exercer a opressão e aceitar a submissão.

RUMO À PLENITUDE

Uma vez que diferenciação e integração se resolvam na vida do adulto, sua consciência será atraída naturalmente para um novo patamar identitário que trará consigo as mais intensas experiências do potencial humano:

  • Um compromisso incondicional assumido para se colocar energias vitais, forças de caráter e talentos autênticos a serviço da Natureza e da Sociedade.
  • O despertar de uma identidade cósmica, ou seja, a experiência de que na verdade não somos “indivíduos” separados da totalidade, mas sim a própria totalidade infinita, espiritual em sua essência, natural em sua existência, realizando-se como indivíduos.

Luciano Alves Meira – escritor e cofundador da Caminhos Vida Integral

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.