14 dez 2016

Os comportamentos essenciais de um verdadeiro Agente de Transformação

Constantemente somos estimulados para aprendermos sobre como lidar com as novas situações e relacionamentos no dia-a-dia,  porém vivemos um estado de “cegueira coletiva” que nos impede de ver além das nossas crenças e expectativas, e nos aprisionam numa visão míope e restrita sobre o que podemos incluir de novo a cada dia, na nossa forma de VER, PENSAR, FAZER e CONCRETIZAR e, com isso, podemos ficar limitados em expandir e demonstrar o nosso potencial único e transformá-lo em ato.

A maioria das pessoas vê mudanças como uma perda e fica em um “estado de espera”, e com isso, não mudam a sua situação atual e podem viver anos numa mesma condição, sem sair do lugar, sem se movimentar realmente em prol de um crescimento saudável.

Nós podemos mudar essa situação quando incluímos uma nova condição em nossa vida. Por exemplo, uma pessoa que está depressiva sente um vazio e só muda este estado quando ela inclui coisas novas e visualiza que o novo estado, irá melhorar a sua vida concretamente. Enquanto este processo não acontece de fato este estado fica permanente e vai contra o fluxo natural da Vida.

O real Agente de transformação visualiza o contexto, conecta os recursos disponíveis, verifica as necessidades e as dificuldades e não fica paralisado no estado de espera. Ele se sente seguro, auto confiante, porque vive sua vida passo a passo,  mantendo o que precisa ser mantido, melhorando o que precisa ser melhorado e criando novas condições para estar cada vez mais preparado para lidar com as incertezas e adversidades que com certeza sempre chegarão até nós.

Os Agentes de Transformação possuem quatro comportamentos, pró-VIDA, que são cultivados, vividos e reconhecidos pela própria pessoa, pelos outros e pelo contexto que está inserido: 1º Eles têm CORAGEM para interromper um ciclo que não serve mais e enfrentam os medos; 2º São ASSERTIVOS, propõe alternativas elegantemente, sempre considerando o outro e o cenário em que estão vivendo;  3º São REFERÊNCIAS, demonstram coerência e constância nas atitudes do dia-a-dia e vivem o próprio discurso e 4º CONCRETIZAM, transformam sua inteligência em ação, com a clareza de que o potencial de qualquer coisa só será realmente reconhecido quando os resultados forem obtidos.

Para ser ou se manter como um Agente de Transformação, é necessário vivermos um processo contínuo de autoconhecimento, para olharmos para os nossos impedimentos e as nossas potencialidades, aumentarmos a nossa autoconsciência sobre o que precisamos incluir de novo no nosso dia-a-dia, para que possamos entrar num fluxo de autodesenvolvimento e obter a autotransformação necessária para continuarmos a nossa JORNADA DA VIDA.

Conheça o curso AGENTES DE TRANSFORMAÇÃO.

 

Christie Ballerini Portela Ferreira
Psicóloga, Coach , Mentor, Instrutora

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.