Inovação significa que devemos nos tornar aquilo que já somos.
20 maio 2016

MANIFESTO #8 – Inovação significa que devemos nos tornar aquilo que já somos.

Inovação significa que devemos nos tornar aquilo que já somos.

Quando o assunto é inovação, há muito barulho por nada. Inovação que não seja inovação do ser cai no antigo adágio de Salomão: “não há nada de novo debaixo do sol”. Mas o que significa “inovação do ser”?

Inovação do ser significa dizer que o Ser Humano (sujeitos) pode alcançar novos estágios em seu desenvolvimento, participando do e servindo ao processo kósmico da evolução.

Para a maioria de nós, a próxima inovação cognitiva será a capacidade de pensar paradoxalmente. Lao Tsé foi um exemplar prematuro dessa capacidade. Ele sabia que:

Tudo é diverso e uno, simultaneamente.

A essência de tudo permanece, conquanto evolui sem cessar.

No fenômeno humano, finito e infinito subsistem entrelaçados.

O conhecimento é uma experiência objetiva e subjetiva.

Descobrimos a realidade, ao mesmo tempo em que a construímos.

Existimos no tempo-espaço mas também somos fora dele.

Daí ser possível dizer: devemos nos tornar em atualidade, tudo aquilo que já somos em potência.

Quem pode, deve. Quem pode, deve e não faz, cria débito. Débito gera sofrimento.

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.